Brasília, 10 de dezembro de 2018 - 23h33

Impasse

16 de dezembro de 2011
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O presidente boliviano Evo Morales afirmou nesta quinta-feira, 15, que não confia na construtora brasileira OAS, responsável pela construção dos trechos I e III da rodovia Villa Tunari - San Ignácio de Moxos. Segundo ele, a empresa não entregou nenhuma obra contratada. A OAS também deveria construir as rodovias Tarija - Potosí e Uyuni - Potosí.



Morales afirmou que deu o recado ao embaixador do Brasil em La Paz, Marcel Biato e ao diretor para América Latina da OAS. Ele deixou claro que o governo boliviano pode substituir a empresa na construção das estradas e que o país tem uma reserva de US$ 60 milhões para isso.



No entanto, caso decida substituir a empresa brasileira, Morales pretende pedir na Justiça uma indenização por danos morais.



Também nesta semana, a OAS anunciou a demissão de cerca de 500 de seus funcionários na Bolívia. A empresa reclama da falta de pagamentos por parte do governo boliviano.



A OAS quer receber US$ 190 milhões, mas o governo aceita pagar apenas US$ 143 milhões por conta das mudanças no projeto.



Por outro lado, enquanto Brasil e Bolívia buscam uma solução para o impasse que resultou na suspensão da construção do trecho II entre Cochabamba e Beni, os trabalhadores deram um ultimato de 48 horas para que recebam o que a empresa lhes deve.



Marcel Biato assegurou que o Brasil mantém o financiamento para a construção do trecho II, mesmo com a mudança do traçado. Segundo ele, "este é um compromisso do Estado brasileiro".

Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...