Brasília, 18 de novembro de 2018 - 13h31

Conselho de Defesa

23 de fevereiro de 2012
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim, defendeu nesta quinta-feira, 23, um modelo comum para a Defesa Sul-Americana. Ele destacou o lugar estratégico que ocupa a América do Sul como fonte de recursos naturais para justificar a importância de uma política de defesa continental.



Jobim foi ministro da Defesa entre 2007 e 2011 e deixou o governo após divergências com a presidente Dilma Rousseff.



Nelson Jobim lembrou que apesar dos cortes no Orçamento, os grandes projetos das Forças Armadas continuam em curso.
Na sua avaliação, apenas a decisão sobre a compra de caças para a FAB gera alguma preocupação.



A fabricação de submarinos e de blindados, por exemplo, estão mantidas.



O ex-ministro também acredita que o reforço de militares na Amazônia deverá ser concluído até 2013 e destacou a importância do Plano Estratégico de Fronteiras que é implementado por vários ministérios.



Atualmente, 12 mil homens protegem a extensa fronteira brasileira com dez países.



Conselho de Defesa



Na avaliação do ex-ministro da Defesa, o Conselho de Defesa Sul-Americano (CDS), vinculado a UNASUL, deve funcionar como um fórum de discussões sobre a gestão da defesa do subcontinente.



Para Jobim, isso é absolutamente necessário considerando-se os recursos naturais existentes: energia, poços de petróleo e minas, capacidade produtiva e reservas de água potável.



Ele acredita que o CDS deva avançar no desenho de uma política de defesa para todo o continente, respeitando-se as peculiaridades de cada país. Além disso, a região seria mais forte se atuasse em conjunto nos foros internacionais.



Nelson Jobim destacou a Estratégia Nacional de Defesa (END) como a medida mais importante de sua gestão. A END tem por objetivo reorganizar as Forças Armadas e reestruturar a indústria bélica.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...