Brasília, 15 de novembro de 2018 - 05h22

Forças Armadas

19 de abril de 2005
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
O Comando do Exército realizou na manhã desta terça-feira, cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Militar, como parte das comemorações pelos 357 anos da força. O Dia do Exército Brasileiro foi criado em 1994, e marca a vitória brasileira na Batalha dos Guararapes, que ocorreu em 1648.

A Ordem do Mérito Militar foi instituà­da por decreto no dia 11 de julho de 1934. O evento contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do vice-presidente e ministro da Defesa, José Alencar, ministros e vários polà­ticos.

O presidente Lula não discursou. Seu pronunciamento foi lido por um oficial do Exército. Nele, Lula reconhece que houve um processo de desmonte das Forças Armadas. Ele afirmou que o governo pretende recuperar o poder aquisitivo dos militares como forma de consolidar a democracia no paà­s.

Para o governo, as Forças Armadas são um instrumento essencial para suas pretensões em termos de polà­tica externa, sobretudo quanto a um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU, o que deve consolidar o papel do Exército, por exemplo, nas missões de paz da organização.

Atualmente, o paà­s comanda a missão para a estabilização do Haiti. O comando das tropas internacionais é do general Heleno Ribeiro, do Brasil. Em julho, a ONU deverá discutir se prorroga ou não a missão e se mantém o Brasil no comando.

Na àfrica, o Exército já participou das missões de paz na Costa do Marfim [2003/2004]; Angola [89 a 97/99/2001/03]; Moçambique [94]; Libéria [93/2004]; Uganda-Ruanda [93/94]. Em andamento, participa das missões na Costa do Marfim e Guiné-Bissau.

Na América Central, integrou as missões na República Dominicana [65/66]; Guatemala [94/2000]; Nicarágua [89/92]; El Salvador [91]. Em Honduras, Costa Rica, Nicarágua e Guatemala, o Exército participa da missão para remoção de minas terrestres, desde 1994.

Na América do Sul, participou da retirada de minas no Equador e Peru [2003]; na pacificação do conflito entre Peru e Equador [95/99]. Na àsia, integra a Força de Paz para o Timor Leste, desde 1999, e já esteve no Paquistão [65/66] e Nova Guiné [62].

Na Europa, participou dos processos de paz na Croácia [95/96]; Macedônia [95/99]; Iugoslávia [92/95]; Bálcãs [47/51]; Eslovênia [96/98]. Atualmente, mantém tropas no Chipre, na missão de paz que vem desde 1995.

No Oriente Médio, integrou a primeira Força de Emergência das Nações Unidas para o Oriente Médio, entre 1957 e 1967, a mais longa missão de paz que o Brasil participou, com cerca de 600 homens.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...