Defesa

Diversidade Biológica
31/03/2006
Biodiversidade
31/03/2006

Cooperação Militar

FAB e Aviação Militar Venezuelana treinam para combater tráfego ilícito

A Força Aérea Brasileira [FAB] e a Aviação Militar Venezuelana [AMV] realizam a partir da próxima segunda-feira, 3, operação militar conjunta denominada VENBRA IV, na fronteira dos dois países.

Uma comitiva da Força Aérea Brasileira esteve em Caracas, em 17 de fevereiro, quando foram iniciadas as reuniões de planejamento Operação VENBRA IV, com a Aviação Militar Venezuelana [AMV].

A operação será realizada no espaço aéreo entre as cidades de Boa Vista [Brasil] e Santa Elena de Uairén [Venezuela], na Região Amazônica.

De acordo com o Comando da Aeronáutica, “o objetivo é estabelecer uma coordenação binacional efetiva de combate ao ilícito, por meio da criação de procedimentos aplicáveis às estruturas existentes de Defesa Aérea nos dois países”.

As manobras vão treinar pilotos e controladores de vôo, brasileiros e venezuelanos, de forma a consolidar procedimentos específicos de coordenação com vistas a combater o tráfego aéreo ilícito.

Segundo o Comando da Aeronáutica, a operação VENBRA IV consiste num exercício de simulação no qual são empregadas aeronaves-alvo militares em situações que reproduzirão os tráfegos ilícitos.

Os aviões cruzam uma linha de fronteira fictícia estabelecida entre Brasil e Venezuela, nos dois sentidos. Para localizá-los, serão empregados meios de detecção [radares] e de interceptação [aeronaves] dos dois países.

Na ocasião, serão adotadas as Medidas de Policiamento do Espaço Aéreo previstas, que consistem, basicamente, em verificar qual o tipo de aeronave, a sua matrícula, a sua procedência, o seu destino e o que está sendo transportado.

As missões são realizadas a partir da Base Aérea de Boa Vista, em Roraima, e da cidade de Santa Elena de Uairén, em território venezuelano. A VENBRA IV ocorre sob a responsabilidade do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro [COMDABRA].

A FAB vai utilizar os aviões R-99A, SC-95B Bandeirante, A29-A/B Super Tucano, C-95B Bandeirante, C-98 Caravan, H-1H IROQUOIS e o C-130H. A Aviação Militar Venezuelana disporá de quatro OV10 Bronco, seis T-27 Tucano, um Superkink Air 200, dois helicópteros Cougar e um C-130.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *