Bolívia ameaça boicotar Cúpula Ibero-Americana
27/09/2010
Brasil doa US$ 500 mil para refugiados palestinos
27/09/2010

Farc garante que não haverá rendição

Farc garante que não haverá rendição

Menos de uma semana após o bombardeio que resultou na morte do principal estrategista militar das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Jorge Bricenõ, mais conhecido por Mono Jojoy, a organização informa que não haverá rendição.

 

De acordo com as Farc, o grupo segue buscando uma oportunidade de paz.

 

Por outro lado, o presidente Juan Manuel Santos, garantiu que os ataques serão intensificados. O objetivo do governo agora é o líder da guerrilha, Alfonso Cano.

 

Considerado o principal ideólogo da organização, Cano assumiu o comando das Farc em 2008 após a morte de Manuel Marulanda (Tiro Fijo).

 

Mesmo acuada com a perda de combatentes e de seus principais líderes, as Farc afirmam que a paz e a reconciliação não serão obtidas por meio do extermínio da guerrilha.

 

Além disso, as Farc acusam os meios de comunicação de “cantarem uma falsa e vitoriosa aniquilação da insurgência”.

 

A organização também afirma que as Forças Militares da Colômbia não estão preocupadas com os 17 seqüestrados reféns da guerrilha, alguns com 12 anos de cativeiro.

 

A Força Aérea Colombiana (FAC), por sua vez, garantiu que as bombas utilizadas contra o acampamento onde foi morto Mono Jojoy, são dirigidas por coordenadas e que informações de inteligência garantiam que ali não havia seqüestrados.

 

Ao visitar a serra da Macarena, o presidente Juan Manuel Santos, afirmou que o país está diante do “início do fim das Farc”.

 

Santos revelou que 15 computadores, 94 memórias USB e 14 discos rígidos, foram encontrados no acampamento em condições de serem analisados.

 

Segundo ele, “onze vezes superior em qualidade e quantidade ao que foi encontrado nos computadores de Raúl Reyes. Essas informações facilitarão o trabalho de ir atrás de todos os integrantes das Farc, de suas redes de apoio, de suas fontes de financiamento e de seus ativos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *