Brasília, 07 de abril de 2020 - 11h46
Fiocruz vai ajudar África portuguesa a organizar resposta ao coronavírus

Fiocruz vai ajudar África portuguesa a organizar resposta ao coronavírus

19 de março de 2020 - 15:44:26
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília - A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vai enviar uma equipe de profissionais aos países africanos de língua portuguesa para ajudar a organizar a resposta à pandemia do novo coronavírus. A cooperação se dá a partir de um pedido do escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) na África, que chegou à Fiocruz no último domingo, 15.

O diretor do Centro de Relações Internacionais e Saúde Global da Fiocruz, Paulo Buss, explicou que os profissionais brasileiros atuarão em parceria com portugueses para difundir informações e inovações sobre a doença e preparar equipes locais para a resposta em diferentes níveis, como atenção básica, educação em saúde e atendimento a casos graves.

"Vamos, com Portugal, para ajudar no esforço de países muito mais pobres e em situação institucional muito mais séria que a nossa, e com epidemias que poderão adquirir tons muito trágicos talvez", explicou. Médico sanitarista, Paulo Buss afirmou que as comunidades anglófona e francófona também estão sendo mobilizadas internacionalmente pela OMS.

A equipe a ser enviada pela Fiocruz deve contar com um epidemiologista, uma pessoa da área clínica, alguém com formação em gestão de sistemas de saúde e um profissional de laboratório. O time pode ter ainda um profissional de comunicação, para ajudar a organizar um processo claro de divulgação das informações.