Brasília, 21 de novembro de 2018 - 13h10

Economia

13 de outubro de 2015
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O Fundo Monetário Internacional (FMI) elogiou nesta quinta-feira, 8, em Lima, as economias do Chile, Colômbia, Peru e México ao mesmo tempo em que criticou as políticas econômicas do Brasil e da Venezuela. De acordo com o FMI, os países da Aliança do Pacífico promoveram reformas econômicas sustentáveis enquanto os dois membros do Mercosul, vivem a estagnação de suas economias e estão mais vulneráveis à crise global.



A diretora-gerente do Fundo, Christine Lagarde, afirmou que os dois modelos não apenas diferem no terreno econômico como também no político e no estado de direito, vitais para a atração de investimentos e a geração de crescimento.



"Chile, Colômbia, Peru e México produziram reformas muito fortes que vão transformar e melhorar as suas respectivas economias e vão obter os beneficios que elas lhes proporcionarão”, afirmou Lagarde à margem das reuniões do FMI e do Banco Mundial, que acontecem no Peru.



“No entanto, há pelo menos dois países que se encontram em território negativo em relação ao crescimento. Brasil e Venezuela são dois exemplos”, explicou.



O FMI revisou para baixo suas previsões de crescimento para a economia da América Latina e do Caribe, que já fecharia 2015 com sua primeira contração em seis anos, por uma recessão mais aguda que a esperada justamente para o Brasil e a Venezuela.


Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...