Defesa

Política
06/10/2016
Política
06/10/2016

Cooperação militar

Forças Aéreas do Brasil e da Suécia estreitam cooperação

Brasília – As Forças Aéreas do Brasil e da Suécia estreitam a cooperação e realizarão atividades bilaterais nas áreas de ciência e tecnologia, logística e operacional. O assunto cooperação marcou o encontro entre os comandantes da Força Aérea Brasileira, brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato, e da Força Aérea da Suécia, Major-General Mats Helgesson, realizado nesta terça-feira, 4, em Brasília.

Na oportunidade, eles repassaram a agenda das atividades bilaterais nas áreas de logística, operacional e ciência e tecnologia. Ainda neste ano, o Brasil sediará um seminário entre as duas instituições. A FAB informou que na próxima semana, um grupo de oficiais brasileiros irá à Suécia para a reunião do Comitê Executivo em suporte a parceria aprovada pelo Plano de Ações Brasil-Suécia, do 4º Workshop Sueco-Brasileiro em Aeronáutica e Defesa, do Congresso Aeroespacial Sueco de 2016.

“A relação entre nossas Forças Aéreas é muito importante e é uma amizade estratégica de longo prazo”, afirmou Helgesson.

Os suecos aproveitaram para conhecer o funcionamento e o controle do tráfego aéreo e de defesa aérea brasileiros. Os oficiais visitaram o Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle deTráfego Aéreo (CINDACTA I) e o Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA).

Eles também estiveram na Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassunga (SP), que forma oficiais aviadores, intendentes e de infantaria da Aeronáutica. Na Base Aérea de Anápolis (GO), os suecos conheceram a unidade que receberá os primeiros aviões de caça Gripen NG brasileiros. A programação também contempla visitas a empresas brasileiras envolvidas no processo de transferência de tecnologia do projeto FX-2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *