Defesa

Fontes de Financiamento
01/03/2006
Inteligência
01/03/2006

Orçamento

Forças Armadas terão R$ 400 milhões para modernização

O Congresso Nacional deverá reunir-se na segunda semana de março para analisar e votar o relatório final do Orçamento-geral da União para 2006.

Apesar dos obstáculos criados pela oposição, o parecer do deputado Carlito Merss [PT-SC], deverá ser aprovado. Nele, estão previstos R$ 400 milhões para os programas de reaparelhamento e modernização das Forças Armadas.

Para a Aeronáutica, foram destinados R$ 175 milhões para modernizar e revitalizar aeronaves. À Marinha, R$ 192 milhões para a obtenção de meios navais. Quanto ao Exército, serão destinados R$ 350 milhões para a incorporação de 100 mil recrutas no âmbito do programa Soldado Cidadão, e mais R$ 11 milhões para suprimento de material bélico.

Foram destinados ainda R$ 25 milhões para o Centro de Lançamento de Alcântara, R$ 6,8 milhões para o monitoramento oceanográfico, R$ 200 milhões para o pagamento dos anistiados políticos e R$ 17 milhões para o combate ao crime organizado, tráfico de drogas e armas e lavagem de dinheiro.

O Orçamento para a Defesa ficou em R$ 36.1 bilhões, ou R$ 960,6 milhões a mais que o previsto na proposta encaminhada pelo governo. No entanto, os valores para investimento representam pouco mais de 3,84% do orçamento para a Defesa. Mais de 77% dos recursos são destinados ao pagamento de pessoal e encargos sociais.

Além disso, os números estão muito aquém dos valores previstos pela Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara, aprovados no ano passado. A CREDN aprovou emendas no valor de R$ 1,2 bilhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *