Brasília, 19 de outubro de 2018 - 00h54

FX2: Lula se esquiva de lobby sueco

08 de outubro de 2009
por: InfoRel

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou nesta quarta-feira em Estocolmo, que apenas a França, através do presidente Nicolas Sarkozy, apresentou uma proposta concreta sobre a venda de um caça para o Brasil.

Segundo ele, a carta entregue pelo premiê sueco Fredrik Reinfeldt, não pode ser considerada uma proposta oficial em relação ao modelo Gripen NG fabricado pela Saab.

A mensagem chegou ao presidente durante a Cúpula do G-20 realizada no início do mês em Pittsburgh, Estados Unidos.

Há cerca de 15 dias autoridades do governo sueco se revezam nas pressões exercidas junto aos meios políticos e diplomático do Brasil para virar o jogo que é favorável ao caça Rafale, da França, o preferido de Lula e do ministro da Defesa, Nelson Jobim.

Em Brasília, Jobim se reuniu com o vice-presidente da Boeing, Bob Gower, que é responsável pela venda do F-18 Super Hornet. Ele ofereceu parceria com a Embraer e criação de uma linha de montagem do caça no Brasil.

Segundo ele, pelo menos cinco mil empregos seriam gerados.

A Força Aérea Brasileira ainda não teria concluído o relatório técnico sobre as três propostas reapresentadas, o que deve ocorrer apenas no final do mês. A partir daí, o governo deverá discutir o assunto com o Conselho Nacional de Defesa para então anunciar a empresa vencedora.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...