Brasília, 11 de agosto de 2020 - 00h40
Governadores são atualizados sobre ações do Conselho da Amazônia

Governadores são atualizados sobre ações do Conselho da Amazônia

22 de julho de 2020 - 12:13:28
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília – Nesta terça-feira, 21, o vice-presidente Hamilton Mourão, reuniu-se virtualmente com os nove governadores dos estados da Amazônia Legal, a partir do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), para atualizá-los sobre as ações desenvolvidas pelo Conselho da Amazônia em conjunto com 14 órgãos do governo federal.

Além disso, foram abordadas questões relacionadas à reativação do Fundo Amazônia; possibilidades de integração de políticas ambientais à pauta econômica; necessidade das operações federais de fortalecimento da fiscalização e a regularização fundiária.

Mourão detalhou ainda, os resultados da Operação Verde Brasil 2, que já realizou mais de 14 mil inspeções, patrulhas navais e terrestres, vistorias e revistas. Cerca de 372 kg de drogas foram apreendidos e 153 prisões realizadas. Na lista de apreensões consta ainda 28 mil m3 de madeira, 93 tratores, 85 maquinários de mineração, 259 embarcações e 174 veículos. Foram emitidos 1.250 termos de infração que alcançam um valor total de R$ 407 milhões em multas.

“Estou me reunindo constantemente com investidores para demonstrar o nosso compromisso com a Amazônia. Precisamos avançar no zoneamento ecológico-econômico, na regularização fundiária e na integração entre órgãos estaduais e federais”, explicou Mourão.

Participaram da reunião os governadores do Acre, Gladson Cameli; Amazonas, Wilson Lima; Amapá, Waldez Góes; Maranhão, Flávio Dino; Mato Grosso, Mauro Mendes; Pará, Helder Barbalho; Roraima, Antonio Denarium; e os vices-governadores de Rondônia, José Atílio Martins, e de Tocantins, Wanderlei Barbosa.

Os governadores relataram a necessidade de obtenção de novos fundos de financiamento e o fortalecimento dos órgãos estaduais visando a integração com as agências ambientais federais. Também foi reforçada a necessidade de captação de recursos para fomentar projetos voltados para a biotecnologia e bioeconomia.

Também estiveram presentes na reunião os chefes de comissões (Integradora, Preservação, Proteção e Desenvolvimento Sustentável) e subcomissões (Articulação Institucional, Cooperação Internacional, Integração de Sistemas, e Saúde e Cidadania) que integram o Conselho da Amazônia.

Hamilton Mourão aproveitou a oportunidade para conhecer o trabalho do Grupo de Integração para Proteção da Amazônia (Gipam), que reúne representantes de dez órgãos federais visando o combate ao desmatamento, grilagem, garimpo e queimadas ilegais na região amazônica. Os especialistas reunidos no Censipam trabalham na análise de dados e imagens de satélites e desenvolvem em conjunto uma metodologia de definição de alvos prioritários que embasar o planejamento dos Comandos Conjuntos que atuam na Operação Verde Brasil 2.