Brasília, 18 de fevereiro de 2019 - 12h38

Represália

29 de maro de 2005
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
O governo paraguaio está mesmo disposto a expulsar os brasileiros que trabalham em Ciudad del Este. A medida é uma represália do Paraguai à s medidas adotadas pelo Brasil para conter o contrabando na região da Trà­plice Fronteira.

Na semana passada, o presidente Nicanor Duarte, autorizou a destruição de portos e depósitos clandestinos nas áreas próximas do Rio Paraná, na fronteira com o Brasil.

Para o Consulado brasileiro em Ciudad Del Leste, o governo paraguaio quer pressionar o Brasil por conta das restrições impostas pela Receita Federal quanto à  passagem das mercadorias paraguaias pelas fronteiras.

Cerca de 10 mil brasileiros que não possuem vistos e cruzam a fronteira diariamente para trabalhar no comércio paraguaio, devem ser os primeiros expulsos. O Paraguai reclama que as medidas vão gerar prejuà­zos em torno dos US$ 12 milhões.

Nesta segunda-feira, os comerciantes paraguaios receberam um ultimato do Serviço de Migração do Paraguai. Ou regularizam a situação trabalhista dos brasileiros, ou demitem.

Os comerciantes serão multados e poderão ter suas lojas fechadas se a fiscalização encontrar algum funcionário em situação irregular. A medida começa a vigorar nesta terça-feira. Até mesmo os brasileiros com vistos de trabalho, mas que não tenham residência fixa no Paraguai, devem ser expulsos.

Últimas notícias