Injeção de Diplomacia no Senado

Na segunda-feira, 21, a Comissão de Relações Exteriores do Senado fará um mutirão para sabatinar diplomatas brasileiros indicados para as embaixadas na Argentina, Angola, África do Sul/Lesoto/Maurício, Agência Internacional de Energia Atômica e Organismos Internacionais Conexos, Viena/Áustria, Benin/Níger, Botsuana, Burkina Faso, Costa do Marfim, Congo/República Centro Africana, Cabo Verde, Chile, Dinamarca/Lituânia, Estônia, Filipinas/Palau/Micronésia/Ilhas Marshall, Geórgia, Guiné, Irã, Iraque, Irlanda, Israel, Mali, Myanmar, Nepal, Organização de Aviação Civil Internacional (OACI), Montreal/Canadá, Países Baixos, Senegal/Gâmbia, Suriname, Trinidad e Tobago, Timor Leste, Ucrânia/Moldova, Kuwait/Bahrein, e Zâmbia. 

No total, serão três reuniões deliberativas para sabatinar 34 diplomatas. Para tanto, serão feitas 11 sabatinas pela manhã, mais 11 à tarde e 12 à noite, seguidas das respectivas votações. As negociações para que a Comissão conclua esses processos, teve início em abril, mas a oposição não abriu mão de fazê-las todas de forma presencial. Por outro lado, não se sabe quando o Senado concluirá o processo do atual Encarregado de Negócios do Brasil nos Estados Unidos, Nestor Foster, aprovado pela CRE em 2019, mas que ainda não pode responder como Embaixador do Brasil em Washington.

Marcelo Rech – 16/09/2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *