Brasília, 15 de outubro de 2018 - 19H43

Futuro

12 de dezembro de 2014
por: InfoRel

Brasília - Disputas por água e alimentos em conflitos marcados mais pelo emprego de maquinário de altíssima tecnologia do que pela presença humana. Assim devem ser as guerras daqui a trinta anos na avaliação de especialistas internacionais que participaram em Brasília, do workshop "Guerras do Futuro: a configuração dos conflitos em 2045". O evento foi promovido pelo Instituto Pandiá Calógeras (IPC) do ministério da Defesa.



Segundo o diretor do Instituto, professor Antônio Jorge Ramalho, o objetivo maior do encontro foi propiciar, a partir dos debates com nomes de referência internacional no setor, reflexões capazes de projetar os desafios que as Forças Armadas e o Ministério da Defesa terão de enfrentar no futuro.



Segundo ele, “estamos explorando aqui quais serão as tendências que poderão colocar em risco o Brasil, a segurança dos brasileiros e de suas instituições. Daqui, surgirão informações úteis para os tomadores de decisão”, explicou Ramalho.



Ele afirmou ainda que o diálogo propiciado pelo encontro contribui não só para a projeção de estratégias e cenários em um horizonte de 30 anos, mas também para que as autoridades brasileiras possam conhecer, de forma mais profunda, a visão que outros países têm do perfil de atuação do Brasil na área de Defesa.



Os especialistas coincidiram em que um elemento que já é essencial nos dias de hoje – e que, certamente, terá cada vez mais importância – é o nível de desenvolvimento tecnológico de cada país. Por isso, é tão importante investir em tecnologia.



O workshop "Guerras do Futuro" reuniu pesquisadores de países como Chile, Colômbia, Portugal, França, Estado Unidos, Singapura e África do Sul. Representantes dos comandos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, além do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), também participam dos debates.


Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...