Irlanda resiste em apoiar acordo MERCOSUL – União Europeia

No dia 9 de julho, o Ministério da Relações Exteriores, designou o diplomata Marcel Biato, como futuro Embaixador do Brasil na Irlanda. Ex-Embaixador do Brasil na Bolívia durante a crise que derrubou o ministro Antônio Patriota, Biato ocupa, atualmente, o cargo de representante do Brasil na Missão Permanente junto à Agência Internacional de Energia Atômica em Viena.

De acordo com a Embaixadora Eliana Zugaib, que está concluindo missão de três anos em Dublin, obter o apoio da Irlanda ao Tratado de Livre Comércio firmado entre o MERCOSUL e a União Europeia, não será tarefa fácil. Segundo ela, “há notória resistência, de segmentos importantes da elite política e econômica irlandesa, a acordos comerciais que possam impactar a agropecuária nacional. Na nova administração Fianna Fáil Fine Gael-Partido Verde, iniciada em fins de junho de 2020, não é demais supor que a posição oficial do governo poderá descair do atual apoio cauteloso para um questionamento mais frontal, tendo em vista os laços que ligam o Fianna Fáil aos produtores rurais e o ideário ambientalista do Partido Verde”, explica.

Além disso, a oposição irlandesa é liderada pelo partido republicano radical Sinn Féin, que apresentou moção simbólica contrária ao acordo MERCOSUL – UE, afinal aprovada pela câmara baixa irlandesa em julho de 2019.

Marcelo Rech – 22/07/2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *