Mundo

Comércio Exterior
13/09/2016
Orçamento
13/09/2016

Política

Isabel Allende anuncia candidatura à presidência do Chile

Brasília – Filha do ex-presidente socialista Salvador Allende, a senadora Isabel Allende anunciou nesta segunda-feira, 12, em Santiago, que irá concorrer à indicação do Partido Socialista para ser candidata às eleições presidenciais de 2017. Ela deve disputar a preferência dos socialistas com o ex-presidente Ricardo Lagos.

O anúncio ocorre em um momento conturbado para a presidente Michelle Bachelet que conta com apenas 15% de popularidade em meio a uma série de denúncias de corrupção em seu segundo governo.

Isabel Allende tem 71 anos e além de senadora, preside o Partido Socialista que integra a coalizão de esquerda Nueva Mayoría. O anúncio coincidiu com o 43º aniversário da derrubada e assassinato do então presidente Allende quando a ditadura Pinochet instalou-se no país e foi uma das mais sangrentas da América Latina.

A popularidade de Bachelet, a mais baixa de um Chefe de Estado desde a redemocratização do Chile, é considerada a principal justificativa para o início da corrida presidencial faltando 18 meses para as eleições.

Já Ricardo Lagos que foi presidente entre 2000 e 2006, anunciou que pretende cadidatar-se pela aliança que reúne vários partidos desde a Democracia Cristã até o Partido Comunista. Se eleito, assumirá a presidência com 80 anos. O ex-Secretário-Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, de 73 anos, é outro que estuda candidatar-se.

Isabel Allende que defende a realização de primárias no âmbito da centro-esquerda para a escolha do candidato à sucessão de Bachelet, cobrou lealdade à atual presidente. Segundo ela, “sejamos 100% leais à atual administração e evitemos o fogo amigo”. Ela nega que o país esteja atravessando uma crise institucional como afirmou Lagos recentemente, mas reconhece que a situação é adversa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *