Defesa

Cooperação
03/12/2015
Energia
09/12/2015

Terrorismo

Israel descarta ataques do Estado Islâmico na Tríplice Fronteira

Brasília – O governo de Israel descartou nesta quarta-feira, 9, qualquer possibilidade de um ataque terrorista promovido pelo Estado Islâmico na Tríplice Fronteira entre Argentina, Brasil e Paraguai. De acordo com Modi Ephraim, Diretor-Geral Adjunto da Divisão da América Latina e Caribe, do ministério das Relações Exteriores israelense, “a Tríplice Fronteira conta com uma comunidade árabe xiita muito importante, mas há um elevado nível de intercâmbio de informações entre as autoridades de inteligência desses países com Israel, para evitar qualquer atividade do Estado Islâmico na região”.

Ephraim classificou as relações de Israel com Argentina, Brasil e Paraguai como “excelentes” e destacou a reabertura da embaixada israelense em Assunção em julho deste ano, após 13 anos fechada, como um exemplo concreto do fortalecimento destas relações.

De qualquer forma, há preocupação com a possibilidade de que o Estado Islâmico se aproxime especialmente da comunidade árabe na zona do Alto Paraná, no Paraguai.

Por outro lado, o diplomata afirmou que o Brasil é o líder das causas palestinas na América Latina, ainda que este fato não impeça o aumento das relações bilaterais em todos os setores. Modi Ephraim também manifestou esperança no aprofundamento das relações com a Argentina sob o novo governo de Mauricio Macri. “Para nós, as relações com a Argentina são de suma importância e queremos fortalecê-la”, explicou. A Argentina abriga a maior comunidade judia na região.

Relações diplomáticas

Modi Ephraim revelou ainda que Israel tem suspensas as relações com Cuba desde 1973, com a Bolívia e Venezuela desde 2009 e com a Nicarágua desde 2011. O país não conta com qualquer representção diplomática nestes países. Em julho do ano passado, as relações com Brasil, Chile, El Salvador, Equador e Peru, foram estremecidas quando os respectivos governos chamaram para consultas seus embaixadores em Tel Aviv após a Operação Margem Protetora lançada por Israel na Faixa de Gaza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *