Brasília, 12 de dezembro de 2018 - 15h55

Itamaraty promove curso sobre mundo islâmico para

06 de dezembro de 2013
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - De olho numa maior influência no Oriente Médio após o acordo firmado pelo Irã com o Ocidente, o ministério das Relações Exteriores promoveu na semana passada, um curso de cinco dias sobre o mundo islâmico para os seus diplomatas que atuam naquela região.



O evento teve o apoio da Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras) e foi realizado no Instituto Rio Branco. O curso Mundo Islâmico: sociedade, cultura e estado, também contou com o apoio da Câmara de Comércio Árabe Brasileira e do Instituto da Cultura Árabe (Icarabe). 



Segundo Mohamed Zoghbi, presidente da Fambras, "nossa ideia era dar uma visão mais clara sobre o Islã, trabalhar melhor os estereótipos. Nada melhor do que diplomatas que têm uma visão clara, isso é de suma importância", explicou.



O vice-presidente de Comércio Exterior da Câmara Árabe, Rubens Hannun, falou sobre o mercado islâmico, dando detalhes do perfil do consumidor muçulmano e do que o atrai. "Apresentamos a leitura que a gente faz da política, dos costumes, da economia, da geopolítica, do direito e da história do Islã", afirmou Zoghbi.



Participaram do curso, Salem Nasser, professor da Fundação Getulio Vargas (FGV) e presidente do Icarabe; Paulo Hilu, da Universidade Federal Fluminense (UFF); Mohamed Habib, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Hussein Ali Kalout, da Universidade de Harvard; Jamil Ibrahim Iskandar, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp); entre outros.



Palestina



Na última sexta-feira, 29, a Palestina foi homenageada em sessão realizada na Câmara dos Deputados, por ocasião do Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino. No evento, o embaixador da Palestina em Brasília, Ibrahim Alzeben, lembrou que o Brasil sempre defendeu a criação de um estado palestino e apoiou a causa do povo da Faixa de Gaza e da Cisjordânia.



O embaixador pediu que o povo palestino tenha o direito de viver em seu território e disse que é preciso encontrar uma solução que permita aos povos de Israel e da Palestina viver em paz. "Hoje nos encontramos para lembrarmos ao mundo e a nós que há uma tragédia reconhecida por todos e que há necessidade iminente de pôr fim a este martírio, devolvendo à sociedade palestina o direito legal e humano de viver na superfície da terra e não em seu interior ou nos papéis e resoluções", disse Alzeben.



O Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino é celebrado em 29 de novembro, data na qual foi adotada a resolução 181 das Nações Unidas. Esta medida aprovou a repartição da Palestina e previa a criação dos estados de Israel e da Palestina.



Em 29 de novembro de 2012, as Nações Unidas aceitaram o reconhecimento da Palestina como estado não-membro da instituição durante uma votação realizada na Assembleia Geral. O status de estado observador não membro da ONU foi aceito por 138 países, dos 193 representados na Assembleia. Entre os contrários estavam Estados Unidos e Canadá.



A deputada Perpétua Almeida (PC do B-AC) disse que os palestinos não podem mais ser refugiados em seu país. "Os mais de cinco milhões de palestinos devem ter assegurado direito de retornarem às suas terras", disse.

Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...