Brasília, 15 de dezembro de 2018 - 19h53

Defesa

05 de julho de 2011
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

O general Guy Thibault, do Canadá, assumiu no último dia 30, a presidência da Junta Interamericana de Defesa (JID), órgão de assessoramento da Organização dos Estados Americanos (OEA).



Ele ocupará o cargo que desde julho de 2009 pertencia ao brigadeiro José Roberto Machado e Silva (FAB).



O general brasileiro Juarez Aparecido de Paula Cunha será o Diretor-Geral.



A transmissão de cargo contou com a presença do Secretário-Geral da OEA, José Miguel Insulza.



De acordo com Insulza, “o trabalho realizado pelo brigadeiro Machado expressou plenamente o compromisso hemisférico da JID de trabalhar por um novo esquema institucional e fortalecer seus vínculos com a OEA, para enfrentar melhor os novos e tradicionais desafios que se apresentam à região”.



Para o Secretário-Geral da OEA, a JID é peça fundamental para que os preceitos contidos na Carta Democrática Interamericana sejam observados. Em setembro, ela completa dez anos.



José Miguel Insulza lembrou ainda da criação do Departamento de Defesa e Segurança Hemisférica da OEA que trabalhará em conjunto com a JID e o Colégio Interamericano de Defesa.



Guy Thibault anunciou que pretende promover reformas na Junta Interamericana de Defesa tornando-a mais próxima das demais instâncias da OEA. Ele quer ainda que a JID atue de forma mais direta com os demais atores hemisféricos de Defesa.



Thibault defende que a JID seja menos reativa e mais proativa, o que implica redefinir o seu papel e sua autonomia para que uma nova arquitetura interamericana de Defesa seja implementada.



Brasil



A representação do Brasil na Junta Interamericana de Defesa é chefiada pelo general Racine Bezerra Lima e Filho que foi comandante da 16ª Brigada de Infantaria de Selva, em Tefé (AM). Ele assumiu o posto em julho de 2010.



Segundo ele, “a JID é um ambiente favorável para a construção de relações de confiança mútua entre militares de toda a região e um exemplo de multilateralismo onde todos têm os mesmo peso”.



A Junta Interamericana de Defesa é composta por 27 países do hemisfério, mais China, Dinamarca, Espanha, França e Holanda, que atuam como países observadores.



“No sistema interamericano ninguém manda em ninguém. O princípio é somar esforços. Não há competição entre países”, destacou o general brasileiro.



Ele também descartou qualquer tipo de competição entre a Junta Interamericana de Defesa e o recém criado Conselho de Defesa Sul-Americano.

Assuntos estratégicos

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Brasília – O Senado aprovou nesta quarta-feira, 12, o projeto de lei da senadora Ana...
Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Brasília - A fronteira de Foz do Iguaçu com a Argentina será a primeira do...
Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...