Brasília, 18 de novembro de 2018 - 11h24
Justiça firma acordos de cooperação com Belarus, Cazaquistão e Geórgia

Justiça firma acordos de cooperação com Belarus, Cazaquistão e Geórgia

26 de junho de 2018
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
Brasília – O ministro da Justiça, Torquato Jardim, firmou acordos de cooperação internacional com Belarus, Cazaquistão e Geórgia, países que percorreu entre 18 e 22 de junho. Em Minsk, Brasil e Belarus assinaram um acordo sobre assistência jurídica mútua em matéria penal.

Para Torquato Jardim, este é um passo importante para proteger e garantir os direitos e os interesses legítimos dos cidadãos e entidades econômicas dos dois países. O acordo cria uma base legal para o intercâmbio de informações em matéria penal entre autoridades de segurança de ambos países, além de estabelecer a estrutura legal que permitirá às partes tomar medidas para iniciar processos criminais, identificar e confiscar o produto do crime, obter depoimentos, conduzir exames forenses e em cenas de crimes, etc.

Na avaliação do ministro brasileiro, a luta contra o crime organizado transnacional exige uma interoperabilidade conjunta. “Os problemas são globais, portanto precisamos de cooperação conjunta. Precisamos harmonizar nossos sistemas legais ”, afirmou Jardim.

Em Astana, no dia 20, Brasil e Cazaquistão assinaram os acordos que permitirão a extradição, transferência de pessoas condenadas e assistência mútua em casos criminais. De acordo com Torquato Jardim, o encontro com o ministro da Justiça e com o procurador-geral, ambos do Cazaquistão, resultou em uma conversa sobre uma nova cooperação em matéria civil e criminal e os meios legais que tornam as relações mais modernas superando tradições de longa data de relações judiciárias. “O mundo moderno de mídias eletrônicas sugere que o mundo legal seja tão avançado e tecnológico quanto”, afirmou Torquato.

No dia 22, Jardim cumpriu em Tbilisi, na Geórgia, o seu último compromisso na região, quando foram discutidos temas como tráfico de pessoas, corrupção, lavagem de dinheiro e terrorismo.

Segundo Torquato, ambos os países se comprometeram, tanto interna como internacionalmente, em combater esses crimes via tratados multilaterais ou acordos bilaterais. “Nós concordamos com o fato de que o mundo se torna cada vez menor por conta dos avanços tecnológicos e das distâncias globais encurtadas, mas se torna maior para o crime organizado”, explicou. “Esse tipo de crime não conhece barreiras, fronteiras ou sistema legal e não promete lealdade a nenhuma bandeira”, continuou.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...