Mundo

Integração Regional
04/10/2016
Cooperação militar
06/10/2016

Política

Lava Jato no Peru exclui presidente Kuczynski e Alejandro Toledo das investigações

Brasília – A Procuradoria Anticorrupção do Peru decidiu nesta segunda-feira, 3, eliminar das investigações da Operação Lava Jato naquele país, o atual presidente Pedro Pablo Kuczynski e o ex-presidente Alejandro Toledo, por falta de provas.

De acordo com o ministério público peruano, em 2006 a Odebrechet estava impossibilitada de participar em processos de licitação por lítigios que mantinha com o Estado. Com a lei 28.670, a situação mudou. À época, Kuczynski era o primeiro-ministro do então presidente Alejandro Toledo.

Foi graças a essa lei que a empresa brasileira pôde executar várias obras de construção no Peru, como trechos da rodovia interoceânica. Não ficou claro para a Procuradoria Anticorrupção se a edição da lei foi para beneficiar a Odebrecht.

Os procuradores peruanos afirmam ainda que a lei foi aprovada por larga maioria, impedindo que se possa argumentar que houve uma confabulação por parte do Estado em benefício da empresa. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *