ENAEX
04/12/2005
Comércio Exterior
04/12/2005

Comércio Exterior

Lula destaca crescimento do comércio exterior

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou o crescimento do comércio exterior nos seus 35 meses de gestão, durante abertura do 25º Encontro Nacional de Comércio Exterior [Enaex], realizado na última semana de novembro, no Rio de Janeiro.

De acordo com o governo, as exportações superaram a meta histórica de US$ 100 bilhões um ano e um mês antes do prazo estabelecido, que era o final de 2006.

Dados do ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, mostram que o saldo acumulado até novembro é de US$ 38,178 bilhões, resultado de exportações de US$ 101,280 bilhões e de importações de US$ 63,102 bilhões. No mesmo período de 2004, o superávit foi de US$ 29,308 bilhões.

Faltando menos de um mês para o final do ano, as vendas externas aproximam-se da meta fixada pelo ministério, de US$ 117 bilhões. No acumulado do ano, as exportações apresentam alta de 22,7%, e as importações, de 18,3%, em relação ao mesmo período de 2004.

O evento reuniu exportadores e importadores de mercadorias e serviços, operadores de logística e portuários, transportadores, e representantes do governo.

Segundo o ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, a Agência de Promoção de Exportações e Investimentos [APEX], assinou 418 convênios neste ano com 200 parceiros de 55 setores.

Foram registradas ainda 24.355 participações de empresas, especialmente de médio e pequeno porte, na realização de projetos e eventos. A Agência também implementou 13 acordos de cooperação com entidades homólogas de todo o mundo, para consolidar alianças estratégicas para o fortalecimento do setor de exportação.

Em seu pronunciamento, o presidente Lula destacou que “a política de comércio exterior do Brasil é uma política perene, e ela precisa crescer cada vez mais. E vai crescer cada vez mais quando, cada vez mais, governo, empresários e sociedade brasileira assumirem a responsabilidade de fazer as coisas com muita competência”.

A desburocratização, política cambial, política de financiamento, seguro de crédito e garantias à exportação, internacionalização de empresas, logística de transportes, exportação de serviços e política de ação externa, foram alguns dos temas abordados.

Os empresários estão preocupados com a atual política de exportação e suas perspectivas. a burocracia relativa ao setor [estrutural, institucional, tributária e aduaneira]. e mecanismos externos de apoio à exportação, tais como promoção, informação comercial e internacionalização de empresas, além do agronegócio, os mecanismos governamentais de financiamento, os sistemas de garantias, e a infra-estrutura de transportes.

Além disso, querem apoio e o incremento dos mecanismos de financiamento e promoção das exportações brasileiras. O Enaex é um fórum de discussão empresário e governo sobre soluções para a exportação de mercadorias e serviços e para o aumento da competitividade das empresas brasileiras, e vem sendo realizado desde 1972, coordenado pela Associação de Exportadores Brasileiros [AEB].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *