Relações Exteriores

Declaração Final da XII Reunião de Ministros da De
16/11/2010
Foro de São Paulo cria Secretaria Andino-Amazônica
17/11/2010

UNASUL

Lula e Tabaré Vásquez cotados para assumir o bloco

O ex-presidente do Uruguai, Tabaré Vásquez, e o atual presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, são os nomes mais fortes para ocupar a Secretaria-Geral da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL), que no próximo dia 26 reúne os Chefes de Estado em Georgetown, Guiana.

De acordo com o presidente do Equador, Rafael Correa, não há consenso em torno de um nome para o lugar do argentino Nestor Kirchner, que faleceu no início do mês.

Inicialmente, pensou-se em manter o cargo com a Argentina permitindo que a presidente Cristina Fernández escolhesse o substituto do marido.

Correa discutiu o assunto com o colega uruguaio José Mújica que realizou visita oficial ao Equador nesta terça-feira. Mújica foi eleito para o lugar de Vásquez. Eles pertencem à mesma corrente política.

Quanto ao futuro de Lula, poucos arriscam. Ele deixa o cargo em 1º de janeiro e já declarou que pretende se manter em evidência. Seu nome também foi cogitado para o lugar de Ban Ki-moo, Secretário-Geral da ONU.

Outro desafio para a UNASUL diz respeito à ratificação do seu Tratado Constitutivo. Para que tenha vida jurídica, a UNASUL precisa ser ratificada por pelo menos nove dos 12 países membros.

Argentina, Bolívia, Chile, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela, concluíram o processo legislativo de ratificação.

Enquanto isso, os congressos de Brasil, Colômbia, Paraguai e Uruguai, ainda discutem o tema.

O governo equatoriano espera que até o dia 26, o Senado colombiano conclua o processo depois de aprovar o Tratado em segunda votação nesta semana.

O Uruguai também está muito próximo de ratificar o Tratado uma vez que o texto já se encontra em discussão pelo Senado local.

Brasil e Paraguai são os mais atrasados. Curiosamente, o Brasil foi o país que propôs a criação do bloco.

Na Cúpula de Georgetown, o Equador transferirá a presidência pro tempore da UNASUL à Guiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *