Crise Institucional
25/05/2005
ACNUR
25/05/2005

Diplomacia

Lula promete choque moral por conta dos casos de corrupção

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já está no Japão onde cumpre a segunda etapa de sal viagem à Ásia. Deprimido com a crise de corrupção que assola o país, Lula promete um choque moral logo que chegar ao Brasil.

Especula-se que o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e os ministros da Previdência, Romero Jucá, e da Articulação Política, Aldo Rebelo, sejam demitidos nos próximos dias. Ainda em Seul, Lula firmou contratos e tentou vender a imagem de um Brasil organizado e atrativos para investimentos estrangeiros.

Segundo o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, as relações comerciais com a Coréia do Sul podem chegar a US$ 7 bilhões nos próximos dois anos. Hoje, essas trocas não passam de US$ 4 bilhões.

No encontro que teve com o presidente da Coréia, Roh Moo-Hyun, Lula obteve o apoio do país à candidatura brasileira a uma vaga permanente no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas [ONU]. A Coréia do Sul é contra a ampliação do Conselho de Segurança, mas se houver mudanças, vai apoiar o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *