Brasília, 13 de dezembro de 2018 - 19h38

Marinha construirá seis submarinos nucleares

23 de novembro de 2010
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

O Comando da Marinha pretende construir seis submarinos nucleares e 15 convencionais até 2047, conforme anúncio feito pelo Almirante Júlio Soares de Moura Neto, nesta segunda-feira.



De acordo com o militar, os primeiros submarinos convencionais devem ser incorporados à força em 2016. Em 2021, será entregue o primeiro submarino nuclear.



Moura Neto justifica o plano. Segundo ele, os equipamentos são necessários para a defesa da plataforma marinha de 350 milhas e onde se encontram as principais reservas de petróleo e gás do país.



Os militares também estão preocupados com a nova posição internacional do Brasil que exige ampliar a capacidade de dissuasão.



Apenas nas bacias de Santos e Campos, a Petrobras confirmou reservas de 50 bilhões de barris de petróleo.



Moura Neto explicou que o submarino nuclear é o preferido por ter a capacidade de permanecer longos períodos submerso, cobrir grandes distâncias e poder atacar alvos múltiplos.



O primeiro submarino nuclear está sendo construído em parceria com a França e custará US$ 2,7 bilhões. Os outros cinco devem custar em torno de US$ 740 milhões cada.



O acordo com a França gira em torno de US$ 9,2 bilhões e o ministério da Defesa assegura que haverá transferência de tecnologia.



Enquanto o projeto de construção do submarino nuclear avança, o Brasil discute a construção de mais uma usina nuclear.



O país pretende reunir condições para produzir internamente todo o urânio necessário para abastecer os submarinos.

Assuntos estratégicos

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...