Brasília, 11 de julho de 2020 - 12h18
Marinha firma contrato para atualizar simulador usado por submarinistas

Marinha firma contrato para atualizar simulador usado por submarinistas

16 de dezembro de 2019 - 17:24:43
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília - A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), o SENAI e a Marinha do Brasil assinaram, na quarta-feira, 11, um contrato de parceria de trabalho com o objetivo de atualizar o sistema de controle e movimentação do Simulador de Imersão - Classe Tupi do Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro. O equipamento serve para ajudar a formação dos submarinistas em terra e contribui para qualificar o preparo dos futuros profissionais.

Durante a cerimônia de assinatura, o presidente do Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa, Carlos Erane de Aguiar, frisou que esse projeto tem potencial de se tornar um case de sucesso. “Trata-se de mais um esforço para fazer do Rio de Janeiro um grande polo naval que pode se irradiar para o Brasil todo”, disse.

O contrato foi assinado pelo Diretor Regional do Firjan SENAI SESI, Alexandre dos Reis, e pelo Capitão de Mar e Guerra, Hélio Branco Júnior. O trabalho será realizado por pesquisadores e especialistas do IST e a previsão é de que a atualização esteja concluída para testes a partir do segundo semestre de 2020.

“A parceria é de extrema importância para a Firjan SENAI, pois conseguimos provar que é possível elaborar um sistema nacional e agregar mais tecnologia para mitigar os riscos da Marinha do Brasil”, afirmou Reis. Ele destacou ainda a relevância do trabalho em cocriação. “Os técnicos e especialistas da Marinha trabalharão junto com o IST para qualificar os resultados. É uma construção coletiva que poderemos transformar em um estudo de caso lá na frente”, complementou.

Para o Capitão de Mar e Guerra, Hélio Branco Júnior, a possibilidade de poder contar com a Firjan SENAI será fundamental para o sucesso do simulador, construído ainda na década de 90. “Sabemos da relevância da Firjan SENAI na promoção de inovação e avanço tecnológico. Foi justamente por isso que entramos nesse projeto”, revelou.