Defesa

Alunos carentes poderão estudar na Espanha
27/01/2010
Crise em Honduras próxima do fim
28/01/2010

Marinhas do Brasil e Itália atuam no Haiti

Marinhas do Brasil e Itália atuam no Haiti

As marinhas do Brasil e da Itália vão realizar uma operação conjunta de ajuda humanitária ao Haiti por meio do porta-aviões italiano “Cavour” que embarcará médicos e helicópteros brasileiros em direção a Porto Príncipe.

O Comando da Marinha informou que o “Cavour” foi projetado também para emprego em missões humanitárias em calamidades e conta com um hospital de emergências com 35 leitos e duas salas de cirurgia, oito unidades de terapia intensiva, aeronaves orgânicas, equipe médica e uma tropa de engenharia preparada para a remoção de escombros e reparos em vias.

A Marinha do Brasil enviará ao Haiti dois helicópteros UH-14 Super Puma e um UH-12 Esquilo, além de duas equipes do Destacamento Aéreo Embarcado.

A equipe médica que seguirá para o Caribe é especializada em evacuação.

No total, 15 oficiais e 44 praças e uma carga de 2,2 toneladas seguem no navio italiano.

As aeronaves brasileiras e italianas vão operar em missões de evacuação aeromédica de feridos, transporte de pessoal e material, busca e resgate e apoio às tropas em terra da Minustah.

A equipe medida brasileira será composta de seis médicos e oito enfermeiros da Marinha, além de cinco médicos e seis enfermeiros civis, selecionados pelo ministério da Saúde.

Os 26 profissionais são todos voluntários.

A princípio, a missão deverá permanecer por 30 dias na costa haitiana.

O navio atracará em Fortaleza nesta quinta-feira e deverá chegar ao Haiti até o dia 2 de fevereiro.

No dia 1º de fevereiro, a Marinha brasileira enviará o navio Almirante Saboia com 700 toneladas de materiais para as tropas brasileiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *