Agenda

Integração Energética
24/02/2016
Segurança Internacional
24/02/2016

Integração Regional

MERCOSUL incorporará Estados para fortalecer-se mundialmente

Brasília – O MERCOSUL segurirá incorporando Estados como forma de fortalecer-se mundialmente, revelou seu Alto Representante, o ex-deputado brasileiro Dr. Rosinha. Na sua avaliação, esta é a única forma de fazer com que o bloco seja percebido de outra forma pelas grandes potências econômicas e políticas. De acordo com ele, apenas a incorporação da Bolívia será suficiente para fazer do MERCOSUL a quinta economia mundial.

A Bolívia está em processo de adesão como membro pleno, mas o desejo de Dr. Rosinha é que todos os países da América do Sul sejam incorporados com esse mesmo status, algo que Chile, Colômbia e Peru, membros a Aliança do Pacífico, descartam. O Equador somente inciará o processo de adesão quando tiver concluído o acordo de livre comércio com a União Européia.

Segundo ele, “um bloco com esta capacidade econômica precisa considerar o seu tamanho, precisa traçar uma estratégia de qual a inserção que queremos econômica e politicamente no mundo, por isso os governos têm de pensar de maneira estratégica para fazer avançar o MERCOSUL”, explicou.

Em relação à crise econômica que afeta os países do bloco, principalmente por conta da desaceleração da economia chinesa e a redução nos preços das commodities, Dr. Rosinha destacou que “o MERCOSUL é fundamental para os nossos países. Temos uma posição geográfica que não podemos mudar de lugar. Não podemos dar as costas e ver os Estados Unidos pelo retrovisor, temos que ver-nos uns aos outros, trabalhar entre nós e não de maneira individual, porque juntos podemos avançar”, assegurou.

Sobre o Tratado de Livre Comércio com a União Europeia, ele foi taxativo: “Depende muito mais dos europeus que do bloque sul-americano”. O ex-deputado garantiu que a proposta do MERCOSUL foi melhorada como exigiu a UE, mas que eles ainda não conseguiram alcançar o consenso interno para seguir com as negociações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *