Brasília, 21 de outubro de 2018 - 07h18

TLC

02 de junho de 2016
por: InfoRel

Brasília - Enquanto não fecha um acordo com o MERCOSUL, a União Européia segue trabalhando para firmar tratados de livre comércio com outros parceiros latino-americanos. Após acelerar as negociações com Colômbia e Equador, os europeus querem agora ampliar o acordo vigente com o México, segunda economia regional.



Nesta segunda-feira, 30, México e União Européia iniciaram as negociações para modernizar e ampliar o acordo assinado em 2000. A ideia é aumentar o nível da abertura comercial nas duas vias. Para tanto, a Comissária de Comércio da UE, Cecilia Malmstrom, reuniu-se com o Secretário de Economia do México, Idelfonso Guajardo, em Bruxelas.



De acordo com Malmstrom, “a União Européia esperou tempo demais para modernizar este acordo”. Ela confirmou que as negociações com o México seguem o mesmo padrão adotado nas tratativas com o Canadá e os Estados Unidos, que suprime 99% das barreiras ao comércio e aos investimentos em todos os setores.



Já para o México, o acordo está inserido no âmbito do processo de integração do país aos fluxos de comércio globais, que conta com a Aliança do Pacífico e a presença do país no Tratado Transpacífico (TPP).



A UE é o terceiro parceiro comercial do México que, por sua vez, é o 17º sócio do bloco europeu. O volume de comércio entre a UE e o México ascende aos 54 bilhões de euros, com um saldo positivo para a Europa de 14 bilhões de euros.


Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...