Brasília, 17 de outubro de 2018 - 12h17

México quer associar-se à UNASUL

31 de maro de 2011
por: InfoRel

O governo mexicano manifestou interesse em que o país faça parte da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL) como Estado Associado.



Segundo o vice-ministro das Relações Exteriores, Rubén Beltrán, “quando um clube é exitoso, é normal que se queira ser parte dele”.



“A UNASUL está agregando de uma maneira muito eficaz, as vontades políticas fundamentais da América do Sul”, explicou Beltrán que realiza visita ao Equador.



De acordo com o diplomata, o México quer ser parte desse esforço pela integração, pois os mexicanos “são essencialmente latino-americanos”.



Na sua avaliação, o seu país pode aportar “uma perspectiva extra-regional que enriquecerá os pontos de vista que se conversem no interior do bloco”.



O México é a segunda maior economia da América Latina e conta com essa força para sensibilizar os países membros da UNASUL para integrar o bloco como associado.



Para tanto, o país já conta com o apoio do Equador que até o final de 2010, presidiu a UNASUL.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...