Brasília, 13 de dezembro de 2018 - 19h37

Ministro reconhece vulnerabilidades nas Forças Arm

26 de julho de 2010
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Nesta segunda-feira, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, reconheceu que há grandes vulnerabilidades operacionais enquanto à Defesa, nas Forças Armadas brasileiras.



Ele acompanhou os exercícios militares da Operação Atlântico 2, que reúne Marinha, Exército e Aeronáutica desde o último dia 19 na costa brasileira.



Jobim pediu um relatório sobre as principais deficiências operacionais aos comandantes do exercício.



Segundo ele, “nossas vulnerabilidades são grandes. Nós não podemos ter operações noturnas, por exemplo. Não temos mísseis antisubmarinos que possam ser lançados de aviões”.



A Operação A Atlântico 2 reúne dez mil militares e se encerra no dia 30.



Trata-se de uma das operações conjuntas rotineiras que as Forças Armadas realizam com o objetivo de aprimorar o emprego do Exército, da Marinha e Aeronáutica em situações de ameaças externas.



Entre os exercícios realizados está a defesa de instalações estratégicas, como o Complexo Nuclear de Angra dos Reis.



O ministro afirmou ainda que nesta semana, conversará com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o programa de renovação da frota de caças da Força Aérea Brasileira (FAB), o F-X2.



A Força Aérea acredita que somente após as eleições haverá uma definição em relação ao programa que pode inclusive, ser cancelado para que o futuro governo discuta o assunto a partir de janeiro de 2011.



Disputam a concorrência da FAB, o francês Rafale, o sueco Gripen NG e o norte-americano F-18 Super Hornet.

Assuntos estratégicos

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...