Brasília, 15 de outubro de 2018 - 21H42

Missão diplomática do Brasil chega ao Timor Leste

30 de junho de 2006
por: InfoRel
Nesta sexta-feira, chegou a Dà­li, capital do Timor Leste, missão diplomática brasileira com o objetivo de prestar solidariedade ao paà­s diante da crise polà­tica e social que o atinge desde o final de abril, quando 600 ex-militares realizaram protestos violentos na capital que resultaram na morte de 30 pessoas.

Outras 133 mil tiveram de abandonar suas casas e se refugiaram nas sedes de organizações humanitárias e escolas.

Forças militares da Austrália, Portugal, Nova Zelândia e Malásia ajudam a estabilizar o paà­s. O presidente Xanana Gusmão ameaçou renunciar se o então primeiro-ministro Mari Alkatiri não o fizesse Alkatiri renunciou no dia 26 de junho.

O Brasil também pode enviar tropas para uma missão coordenada pela ONU, mas ainda não há uma decisão a respeito. No dia 31 de maio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou carta ao colega Xanana Gusmão, de apoio ao governo e ao povo timorenses.

A missão diplomática enviáda à  Dà­li é chefiada pelo Subsecretário de Polà­tica do Itamaraty, Embaixador Pedro Motta Pinto Coelho e conta com a participação do vice-presidente do Superior Tribunal Militar (STM) e de representantes dos ministérios da Educação e da Defesa, além do Diretor, designado, da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), Embaixador Luiz Henrique Pereira da Fonseca.

Segundo o Itamaraty, até o final da próxima semana, a missão manterá contatos com as principais autoridades governamentais e com representantes da Organização das Nações Unidas (ONU), além de coordenar-se com missão da Comunidade dos Paà­ses de Là­ngua Portuguesa (CPLP), que deverá chegar a Dà­li nos próximos dias.

Ainda de acordo com o Itamaraty, “a missão reiterará a disposição do governo brasileiro de continuar colaborando para a construção de um Estado timorense soberano, próspero, estável e democrático”.

O Ministério das Relações Exteriores informou que o Brasil pretende dar seguimento ao amplo programa de cooperação que mantém no Timor Leste e que inclui as áreas educativa, judiciária e militar, entre outras.

O Brasil também oferece assistência no campo eleitoral, em apoio à s primeiras eleições gerais que serão realizadas no paà­s em abril de 2007.

“A missão deverá expressar, também, sua confiança em que os problemas atualmente enfrentados por aquele paà­s sejam superados dentro do quadro institucional e democrático do Timor Leste”, informou a chancelaria brasileira em nota oficial.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...