Brasília, 11 de agosto de 2020 - 01h28
MME debate com Reino Unido perspectivas do setor mineral pós-COVID

MME debate com Reino Unido perspectivas do setor mineral pós-COVID

04 de julho de 2020 - 09:39:59
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília – Na quarta-feira, 1º, o Secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia (MME), Alexandre Vidigal de Oliveira, participou de videoconferência com o Embaixador do Reino Unido, Vijay Rangarajan, dirigentes e representantes de empresas britânicas na área de mineração, com os quais debateu as perspectivas do setor mineral pós-Covid. O encontro foi organizado pelo Consulado do Reino Unido em Belo Horizonte e pela Câmara de Comércio Brasil – Reino Unido (Bricham), em Minas Gerais.

Durante o diálogo, os dois lados concordaram quanto à importância da mineração como instrumento para a retomada do crescimento econômico em meio à pandemia e ao cenário pós-COVID. Na ocasião, Vidigal discorreu sobre a essencialidade da mineração no desenvolvimento de tecnologias limpas e a promoção do desenvolvimento sustentável no plano global.

Ele reiterou a meta do Governo Federal, por meio do MME, de promover o crescimento e a expansão da mineração no Brasil, tanto em termos quantitativos quanto qualitativos, e, nesse contexto, destacou o inalienável compromisso do Brasil com a sustentabilidade.

Alexandre Vidigal informou que, em breve, será lançado o Programa Mineração e Desenvolvimento, que consolidará a agenda da mineração no país, congregando todos os atores relevantes. O embaixador Rangarajan, por sua vez, reconheceu o esforço do Brasil quanto aos compromissos de sustentabilidade na mineração, inclusive no que tange à segurança de barragens, e manifestou o apoio britânico à iniciativa “Women in Mining Brazil”, cujo plano de ação foi lançado recentemente.

 As empresas participantes – Anglo American, Horizonte Minerals, Appian Capital, Arcelor Mittal, Verde Agritech, entre outras – manifestaram o apoio do setor privado à política de mineração conduzida pelo Brasil e destacaram a manutenção de suas atividades em meio à pandemia como expressão de confiança na contribuição da mineração para o crescimento econômico sustentável dos países.

Nesse contexto de debates sobre a mineração no pós-COVID, Alexandre Vidigal participou, no último dia 24 de junho, da 5ª Conferência Brasil Alemanha sobre Mineração e Recursos Naturais, organizada pela Câmara de Comércio Brasil Alemanha de São Paulo.

O evento contou com a participação da Subsecretária da Unidade de Política Internacional de Recursos Minerais do Ministério Federal de Economia e Energia da Alemanha (BMW), Andrea Junemann, e do Diretor Presidente da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM)/Serviço Geológico do Brasil, Esteves Colnago.