Cooperação Sul-Sul: capacidades e necessidades
04/01/2012
América Latina
04/01/2012

Navio britânico com destino às Malvinas atraca em

Navio britânico com destino às Malvinas atraca em Montevidéu

Brasília – Um navio da Marinha britânica atracou no porto de Montevidéu como escala de uma viagem às Ilhas Malvinas no dia 30 de dezembro, apesar da proibição decretada pelo governo uruguaio há pouco mais de duas semanas em solidariedade à Argentina.

O HMS Protector é um navio de pesquisas científicas e de exploração do Atlântico Sul. Parte de sua tripulação é composta de militares e ele está registrado com bandeira da Noruega.

A decisão do Uruguai de proibir o atracamento de navios britânicos em seus portos tem o respaldo dos demais países membros do MERCOSUL.

Este navio foi o responsável pela localização de petróleo no Mar do Norte. Sua presença no Atlântico Sul tem o mesmo objetivo: encontrar gás e petróleo no entorno das Ilhas Malvinas.

Em setembro de 2010, o Uruguai impediu que o navio militar britânico HMS Gloucester atracasse em Montevidéu quando seguia para as Malvinas. O gesto teve o reconhecimento da presidente argentina Cristina Kirchner.

As Ilhas Malvinas, localizadas a 400 milhas da costa argentina, estão em litígio desde 1833 quando o Reino Unido a ocupou militarmente. Desde aquela época o Brasil defende o direito da Argentina sobre as ilhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *