Para imprimir é necessário habilitar o pop-up Enviar a notícia por e-mail
Aumenta a fonte 
Aumenta a fonte 
Defesa
Colômbia realiza missão conjunta na fronteira noroeste do Brasil
22/03/2017 - 17h15

Brasília - Nos dias 17 e 18 de março, militares da área de saúde dos dois países realizaram atendimentos médicos na região do Alto Solimões. No primeiro dia, as consultas ocorreram no Brasil, no município de Tabatinga, distante  1.108 km de Manaus (AM). No segundo, as equipes atenderam na Colômbia, em Letícia (1.082 km de Bogotá e vizinha da cidade brasileira). A missão foi acionada pelos ministérios da Defesa de ambos os países.

O Diretor do Hospital de Aeronáutica de Manaus (HAMN), Tenente-Coronel Médico Francisco Eliomar Gomes de Oliveira, destacou que a presença dos médicos na fronteira trará uma sensação de segurança e bem-estar para a região que apresenta carências na área da saúde.

“Sem dúvida, o impacto será positivo por ser uma região de fronteira, onde as dificuldades na área da saúde são enormes. Diante da falta de especialistas nessa região, a Força Aérea vai contribuir significativamente porque estamos levando uma equipe de peso com todas as especialidades solicitadas pela missão binacional”, disse.

Para a ACISO Binacional, a Aeronáutica enviou dez militares do HAMN. A equipe é composta por médicos, enfermeiro, dentista e dois auxiliares técnicos, entre oficiais, graduados e praças. Os atendimentos da Força Aérea foram em especialidades como anestesiologia, cardiologia, cirurgia, oftalmologia, otorrinolaringologia e pediatria, bem como odontologia.

A missão conjunta também reuniu pessoal da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro, que compõem a equipe militar brasileira na ACISO.