Agenda

Cooperação
02/12/2011
Brasil irritado com atraso na construção de rodovi
02/12/2011

Política

OEA saúda fundação da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos

Brasília – O Secretário-Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, deu as boas vindas à Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC), fundada nesta sexta-feira, 2, em Caracas.

Já o governo dos Estados Unidos vai esperar pela efetividade do novo mecanismo.

A CELAC foi criada como alternativa à OEA considerada uma organização ultrapassada e dedicada à política imposta por Washington. O Canadá também está fora. Além deles, os ibero-americanos Espanha e Portugal não participam.

Os Estados Unidos pretendem aguardar para ver qual será o caminho adotado pela CELAC, mas sabem que o mecanismo pretende reduzir significativamente a influência norte-americana na região.

O Departamento de Estado espera que a CELAC se converta num organismo regional responsável e efetivo nas soluções para a região.

Muito criticado pelos Chefes de Estado e de Governo da região, José Miguel Insulza afirmou que “a CELAC seguramente se constituirá em um eficiente mecanismo de coordenação e concertação política regional”.

Ele quer que o novo mecanismo “enriqueça o diálogo a nível interamericano, já que os países da região contarão com uma instância para concertar posições e pleitear temas com um melhor nível de coordenação”.

José Miguel Insulza reconheceu que o fato de a CELAC ser formada por países que integram a OEA resultará em muitas coincidências entre ambas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *