Brasília, 12 de dezembro de 2018 - 04h35

Economia

16 de junho de 2016
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - Entre 25 e 30 milhões de pessoas na América Latina podem regressar à pobreza empurradas pela desaceleração econômica e a ausência de uma rede de políticas públicas consistentes, alerta um informe divulgado nesta terça-feira, 14, no Panamá pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).



O informe “Progresso Multidimensional: bem estar além do ingresso”, assinala que as políticas públicas de uma década, baseadas na educação e na criação de emprego e que contribuíram para a redução da pobreza, ainda que sem eliminar as desigualdades sociais, são insuficientes hoje em dia, porque o mercado de trabalho está saturado e os países atingiram o teto fiscal.



Além disso, essas políticas não conseguiram gerar resiliência em 2 de cada 5 latino-americanos (40% da população total), que hoje em dia são vulneráveis a qualquer situação adversa como uma recessão econômica, um desastre natural ou um problema de saúde.



“Corremos o risco de retroceder em relação aos avanços sociais alcançados nos últimos dez anos”, afirmou a diretora do PNUD para a América Latina e o Caribe, Jessica Faieta. Entre 2003 e 2013, afirmou Faeita, “a pirâmide social, trabalhista e econômica da região se transformou com a saída de 72 milhões de latino-americanos da pobreza e a entrada de 94 milhões de pessoas nas classes média”.


Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...