Brasília, 18 de novembro de 2018 - 21h54

Minustah

13 de outubro de 2015
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, sugeriu neste final de semana em reunião do Conselho de Segurança da entidade, estender por mais um ano a Missão de Estabilização no Haiti (Minustah), comandada pelo Brasil desde a sua criação em 2004.



De acordo com ele, este poderia ser o último ano de operações das forças militares empregadas naquele país. Ban recomendou ainda que os países que integram a Minustah elaborem uma análise estratégica sobre o cenário haitiano tendo as eleições presidenciais de 25 de outubro como principal elemento.



Segundo ele, “é necessário definir o futuro das tropas da ONU que deveriam concluir suas operações nesta segunda-feira, 13”. No entanto, ele pediu ao Conselho de Segurança ampliar em mais 12 meses a missão para fortalecer os trabalhos de formação da Polícia Nacional e das políticas de proteção aos direitos humanos no Haiti.



Além disso, a presença das tropas da ONU no país no início de 2016, contribuíriam para uma melhor transição entre as autoridades que deixarão o poder e aqueles que o assumirão.



O Brasil por sua vez, deve manter o cronograma de desmobilização de soldados, reduzindo o contingente paulatinamente até se retirar por completo da missão.



Force Commander



No dia 1º, o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, anunciou o nome do general brasileiro Ajax Porto Pinheiro como Force Commander das tropas da Missão de Estabilização da ONU no Haiti (Minustah).



O general de divisão traz para esta posição mais de 20 anos de experiência militar nacional e internacional. Atualmente, ele desempenha a função de vice-chefe do Departamento-geral do Pessoal do Exército.



O general já atuou como diretor de Educação Superior Militar de 2013 a 2015 e comandante da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais entre 2012 e 2013. Ele também comandou uma brigada de infantaria entre 2010 e 2012.



De acordo com a ONU, o militar sucederá o também general brasileiro José Luiz Jaborandy Junior, que faleceu no último dia 30 de agosto. Nas Nações Unidas, o general Ajax comandou o batalhão militar do contingente brasileiro da Minustah e serviu como observador militar da missão das Nações Unidas em El Salvador em 1992 e no Grupo de Observação da ONU na América Central em 1991. Ele possui mestrado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas, nasceu em 1956 e tem três filhos.


Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...