Defesa

Inteligência e Democracia
04/11/2011
UNASUL terá Plano de Orientação Social
12/11/2011

Fronteira Sul II

Operação militar na fronteira com o Paraguai preocupa vizinho

Cidade do Leste – As Forças Armadas brasileiras atuam desde o início da semana com cerca de 700 militares do Exército, Marinha e Força Aérea, na fronteira com o Paraguai. O objetivo da operação Fronteira Sul II é apertar o cerco contra as atividades ilícitas na região.

O governo paraguaio reclama que a presença de militares com veículos e armamentos pesados na fronteira, está afugentando os turistas e comprometendo a economia local.

A operação militar impõe um controle rigoroso na Ponte da Amizade. Todos os veículos, motocicletas, ônibus, caminhões e pedestres que entram no Brasil oriundos do lado paraguaio, são submetidos à revistas ostensivas.

Além, do controle fronteiriço, os militares brasileiros também realizarão operações de guerra na região de Itaipu e às margens do Rio Paraná.

É a terceira vez que o ministério da Defesa mobiliza as Forças Armadas na fronteira do Paraguai este ano. Em junho, foi realizada a Fronteira Sul I e a operação Ágata, parte do Plano Estratégico de Fronteiras.

Esse tipo de operação é realizada todos os anos dentro da estratégia de adestramento das Forças Armadas. O foco é a preparação dos militares para possíveis incursões estrangeiras em território brasileiro.

Na fronteira com o Paraguai, o tráfico de drogas e o contrabando de cigarros, estão entre os principais ilícitos registrados.

O governo paraguaio reclama que a presença de militares com veículos e armamentos pesados na fronteira, está afugentando os turistas e comprometendo a economia local.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *