Após 15 anos Comando Naval do Caribe elimina líder
16/05/2008
ALC-UE: Declaración de Lima
21/05/2008

Operações especiais para reduzir seqüestros e exto

Operações especiais para reduzir seqüestros e extorsões

Bogotá – O Grupo de Ação Unificada pela Libertação Pessoal (Gaula Militares) é um grupo de elite criado pelo Exército que recebe treinamento e equipamentos para a luta contra os seqüestros e a extorsão e executa operações em conjunto com a Fiscalía e o DAS, o serviço secreto colombiano.

O Gaula Militares também dão apoio às brigadas e unidades táticas em operações especiais de contra-guerrilha, trabalho que, segundo a coordenação-geral de operações, reduziu os seqüestros que eram 3.572 no ano 2000, para 521 em 2007. Dentre esses números estão os seqüestros das Farc, autodefesas, paramilitares e grupos criminosos comuns.

Neste ano, oito seqüestros foram registrados. No total, Farc, ELN, autodefesas e bandas criminosas realizaram 2.800 seqüestros nos últimos oito anos.

O Gaula Militares foram criados em setembro de 2004 como parte do programa anti-terrorista celebrado entre os governos dos Estados Unidos e da Colômbia.

Os melhores soldados e agentes passam por um treinamento de seis semanas e Paraguai e Chile já demonstraram interesse em enviar pessoal para receber na Colômbia esse treinamento.

A elite do Gaula Militares é formada por cerca de mil homens. Cada unidade é integrada por 70 pessoas, sendo 19 militares do Exército e o restante do DAS e Fiscalía.

O Gaula Militares confirmaram ainda que tanto as Farc como outros grupos utilizam ou já utilizaram o território da Venezuela para montar cativeiros. Para grupos como este não existem fronteiras. O que existem são zonas mais ou menos seguras e a Venezuela, segundo militares colombianos é para as Farc uma zona de descanso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *