Brasília, 16 de dezembro de 2019 - 03h03
O Brasil deve se envolver diretamente na situação política venezuelana?
Marcelo Rech -  O Brasil não deve se envolver diretamente na situação política venezuelana fortemente degrada. Deve sim, buscar formas de fazer com que o diálogo regional construído por meio de mecanismos como a OEA, a CELAC, a UNASUL e o MERCOSUL, seja viabilizado, colocando os interesses comuns à frente de...
Netflix, o soft power e a (neo)globalização
Anna Luisa Del Mar, especial para o InfoRel -  A indústria cultural como ferramenta de soft power de um país é um dos principais temas de análise em qualquer classe de Relações Internacionais. Introduzido pela primeira vez em 2004, por Joseph Nye (“Soft Power: The Means To Success In World Politics”),...
Diplomacia e Poder Militar: Rússia versus Ocidente
Marcelo Rech -  No dia 1º de março, o presidente russo Vladimir Putin anunciou, em discurso no Parlamento, que o país desenvolveu uma série de armas como forma de fazer valer a voz e a força do seu país no mundo. De acordo com o chefe do Kremlin, as seis armas...
O multilateralismo ameaçado
Marcelo Rech, especial de Madri Não é segredo que o sistema multilateral atravessa momento extremamente delicado, principalmente com a chegada de Donald Trump ao poder nos Estados Unidos. Historicamente, Washington sempre olhou atravessado para as iniciativas multilaterais, sobretudo aquelas criadas sem a sua participação como o BRICS, por exemplo e até...
A importância da gestão internacional de crises
Marcelo Rech, especial de Madri -  Desde a última quinta-feira, 1º, participo no Instituto Universitário General Gutierrez Mellado, vinculado ao ministério da Defesa da Espanha, da 12ª edição do Curso de Gestão Internacional de Crises. Trata-se de um evento já consolidado e que reúne especialistas civis e militares de vários países. A...