América Latina comprou US$ 1,5 bilhão em amas da R
06/02/2014
Venezuela é o país latino que mais gasta em armame
10/02/2014

Os 100 maiores fabricantes de armas venderam US$ 3

Os 100 maiores fabricantes de armas venderam US$ 395 bilhões em 2012

Brasília – O Instituto Internacional de Estudos para a Paz de Estocolmo (SIPRI) apresentou durante a Conferência de Segurança de Munique, Alemanha, seu informe anual sobre a indústria armamentista mundial. Em 2012, foram gastos US$ 395 bilhões em armas, ou 4,2% a menos que os valores pagos em 2011.

No entanto, em termos reais houve aumento de 29% nos gastos se comparados com o ano de 2003.

De acordo com o SIPRI, a crise econômica mundial é um dos principais fatores que impactam na redução dos gastos militares. As grandes reduções foram registradas nos Estados Unidos, Canadá e nos países da Europa Ocidental.

Por outro lado, cresceram 28% em média na Rússia e na Coreia do Sul. Os dados a respeito dos gastos chineses não estão calculados, pois não estão disponíveis.

Em relação às empresas, das 100 principais do mundo, 42 são norte-americanas que dominam 58% das vendas mundiais.

Lockeed Martin, Boeing e a britânica BAE Systems, são as três principais do setor.

A russa Almaz Antei aumentou em 41% as suas vendas e ocupa a 14ª posição. Já a brasileira Embraer passou do 88º para o 66º, melhorando o faturamento em 36%, com vendas que somam US$ 860 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *