Brasília, 29 de setembro de 2020 - 03h51
Pacto Ecológico Europeu é “desafios e oportunidade” para o Brasil

Pacto Ecológico Europeu é “desafios e oportunidade” para o Brasil

13 de agosto de 2020 - 12:53:03
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília - Lançado no final de 2019, o “Pacto Ecológico Europeu” estabeleceu uma nova agenda política para os 27 países da União Europeia. O objetivo é combinar crescimento econômico com uso sustentável dos recursos naturais com metas pelos próximos 30 anos.

Dada a importância do tema, inclusive nas discussões entre o MERCOSUL e a União Europeia, a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) e Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb ), e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), estão lançando o Curso de Extensão “O Pacto Ecológico Europeu: desafios e oportunidades para o Brasil”.

Segundo a UFPR, “a implementação dessa agenda baseia-se em oito áreas estratégicas de intervenção coordenada, de forma a transformar os desafios ambientais em oportunidades de inovação, de competitividade, de liderança geopolítica, de crescimento econômico e de inserção social. Face à importância econômica e ao protagonismo desse Bloco Econômico, torna-se oportuno discutir os desafios e as oportunidades que essa iniciativa proporciona ao Brasil”.

O objetivo do curso é “promover reflexões sobre o potencial do nosso país de reagir e de interagir com essa nova agenda política nas respectivas áreas de intervenção política, econômica e social”. Para tanto, asseguram os organizadores, serão feitas apresentações e discussões relativas às oito áreas de intervenção, por especialistas em cada tema, oriundos da academia e dos setores público e privado.

Leticia Rodrigues da Silva, pesquisadora da UFPR e integrante do corpo docente do curso de extensão, com o "Pacto Ecológico, a União Europeia adota um protagonismo, ainda maior, em tornar a economia sustentável. Embora menos que 20% das exportações brasileiras tem o bloco europeu como destino, a Europa assume claramente o papel de influenciar os demais países para o compromisso com o ambiente. Entender esse instrumento e discutir as oportunidades e desafios para o Brasil é a intenção do Curso promovido pela UFPR, com o apoio da FIEP e da CETESB”, explicou.

Programação: (de 01/09/2020 a 24/09/2020)

01/09 - Ação climática: neutralidade climática à União Europeia em 2050, com o professor Gabriel Wedy – Direito UNISINOS e Juiz Federal, e Carlos Rittl, do Institute for Advance Sustainability Studies – IASS (Alemanha).

03/09 - Do prado ao prato: por uma cadeia alimentar mais sustentável, com Leticia Rodrigues da Silva, pesquisadora da UFPR, e Jônathas da Silveira, da Divisão de Promoção do Agronegócio I, do Ministério das Relações Exteriores.

08/09 - Biodiversidade: proteger e recuperar os ecossistemas frágeis, com Marcello Brito, da Coalizão Brasil Clima, Floresta e Agricultura, e a professora Marcia Leuzinger, do UNICEUB.

10/09 - Indústria sustentável: promover a economia circular, com Marília de Souza, Gerente do Observatório do Sistema FIEP, e a professora Suzana Borschiver, da Escola de Química da UFRJ.

15/09 – Eliminação da poluição: promoção da segurança química, com a professora Patrícia Iglecias, da USP e presidente da CETESB, e Fernando Tibau, Gerente de Inovação e Assuntos Regulatórios da ABIQUIM.

17/09 – Energia limpa: oportunidades para fontes de energia alternativas, com o professor Amaro Pereira, da COPPE – UFRJ, e Júlio Omori, Superintendente de Smart Grid – COPEL.

22/09 - Construção e renovação: por uma construção civil mais ecológica, com Clarice Degani, do Conselho Brasileiro da Construção Sustentável, e Tainara Nievola, da Tecverde Engenharia.

24/09 - Mobilidade: estratégias para mobilidade inteligente e sustentável, com Silvia Barcik, Diretora de Mobilidade Sustentável da Renault, e a professora Keiko Ono Fonseca, da UTFPR.