Brasília, 13 de dezembro de 2018 - 07h49

Para o Uruguai, o Mercosul vive uma crise instituc

16 de agosto de 2012
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O presidente do Uruguai, José Pepe Mújica, afirmou que o Mercosul vive uma crise institucional que exige entendimento entre os seus membros, uma vez que são cada vez maiores as discrepâncias políticas e comerciais internas.



Segundo ele, "é preciso que se faça um balanço da realidade. Aquele Mercosul dos anos 90, nascido do neoliberalismo, mudou. Hoje, temos uma crise institucional e precisamos de outra ordem e de maior flexibilidade".



Diante do quadro de incertezas e desacertos, Mújica anunciou que o Uruguai irá tentar fechar o maior número possível de acordos comerciais e o primeiro objetivo é assinar um tratado com o Pacto Andino de Nações.



Além disso, o Uruguai já negocia um acordo comercial com o Peru.



Para Pepe Mújica, "o Uruguai não pode mais colocar todos os ovos num único cesto". Ele está irritado com as dificuldades impostas aos industriais e exportadores uruguaios para ingressar no mercado argentino.



As medidas protecionistas implementadas por Cristina Kirchner também criam problemas para o Brasil. A Argentina é o terceiro destino das exportações uruguaias.



De acordo com José Pepe Mújica, "a solução está na diversificação do comércio. O Uruguai consegue um preço melhor por sua carne justamente por fazê-la chegar a mais de cem países".



Parlasul



O Parlamento do Mercosul só deverá retomar suas sessões após um entendimento entre seus membros a respeito do impasse político gerado pela suspensão do Paraguai e a adesão da Venezuela.



A Representação Brasileira no Parlasul foi notificada das duas decisões pelo embaixador Antônio Simões, coordenador brasileiro do Grupo Mercado Comum. O Brasil exerce a presidência pro tempore do Mercosul.



Com a decisão, os parlamentares paraguaios perderam o direito de voto no Parlasul e os venezuelanos, que só tinham direito de discursar, agora podem votar também.



Os países membros do bloco tentam agora um acordo político que permita ao Parlasul retomar as suas atividades. A Argentina não aceita que os parlamentares paraguaios tenham direito de voto e os paraguaios não aceitam o mesmo para os venezuelanos.

Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...