Paraguai denuncia retenção de respiradores pelo Brasil

Os parlamentares paraguaios do MERCOSUL, denunciaram junto ao parlamento do bloco, a retenção, pelo Brasil, de 50 respiradores adquiridos para as ações de combate ao coronavirus. Tomás Bittar (ANR) e Manuel Morínigo (PLRA) entregaram o protesto ao presidente do PARLASUL, o argentino Oscar Laborde e lamentaram que a entidade não tenha nenhuma capacidade de exercer pressão e influência junto aos governos dos países que conformam o MERCOSUL. O senador Patrick Kemper (Hagamos) enviou carta ao presidente Jair Bolsonaro cobrando o envio dos equipamentos.

Os dois parlamentares pedem que o MERCOSUL se mobilize para que a Secretaria de Comércio Exterior (SECEX), vinculada ao Ministério da Economia, reveja a decisão que restringe a exportação de determinados equipamentos médicos, entre eles ventiladores pulmonares, conhecidos como respiradores. Como o Paraguai não tem acesso ao litoral, as importações precisam passar pelos portos dos países vizinhos, principalmente brasileiros.

Marcelo Rech – 17/04/2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *