Mundo

Comércio Exterior
05/07/2016
Energia
05/07/2016

Integração Regional

Paraguai não aceita Venezuela na presidência do MERCOSUL

Brasília – O presidente paraguaio Horacio Cartes, afirmou nesta segunda-feira, 4, após reunir-se com o ministro de Relações Exteriores do país, Eladio Loizaga, que não aceita a Venezuela na presidência pro tempore do MERCOSUL. O Paraguai também está profundamente contrariado com as posturas de Argentina e Uruguai que teriam aceito a transferência do mando do bloco.

Eladio Loizaga declarou ainda que “o Paraguai rejeita qualquer decisão unilateral a respeito deste assunto”. Na segunda-feira, 4, os chanceleres do Uruguai, Rodolfo Nin Novoa, e da Argentina, Susana Malcorra, se reuniram para decidir sobre a entrega da presidência do MERCOSUL para a Venezuela, mesmo após o cancelamento da Cúpula Presidencial prevista para julho.

“Não fomos informados oficialmente desta intenção, mas lamentamos, honestamente sentimos que Uruguai e Argentina tenham anunciado publicamente sem antes informar e consultar nosso país”, explicou Loizaga. Ele enfatizou ainda que a transferência de mando do bloco é atribuição dos presidentes dos países membros e não poderá ser decidida pelos ministros de Relações Exteriores.

De acordo com o chanceler, “o Paraguai não permitirá que uma situação como esta se consolide. Estamos avaliando que passos dar e o que fazer a respeito. Nosso ministério está trabalhando para frear esse atropelo. Não vamos permitir que se repita no MERCOSUL uma situação irregular e que se imponha o político sobre o jurídico”, declarou.

O ministro de Relações Exteriores do Paraguai revelou ainda que conversou com o chanceler brasileiro José Serra que também teria se mostrado surpreso com a decisão de Argentina e Uruguai. Serra realiza nesta terça-feira, 5, sua primeira visita oficial ao Uruguai onde tratará diretamente com o chanceler Novoa, sobre este assunto. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso o acompanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *