Relações Exteriores

Colômbia e Venezuela terão candidatos na UNASUL
02/12/2010
Honduras: presidente desiste de acordo com Zelaya
02/12/2010

Mercosul

Paraguai poderá votar ingresso da Venezuela ao bloco

O governo paraguaio decidiu devolver ao Congresso o Protocolo de Adesão da Venezuela ao Mercosul, retirado no ano passado por falta de apoio.

Nesta semana, o Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA), decidiu apoiar a iniciativa ao considerar estratégico o ingresso venezuelano ao bloco.

Para que a Venezuela integre plenamente o Mercosul, o Protocolo de Adesão precisa ser aprovado pelos quatro membros originais do bloco. Argentina, Brasil e Uruguai já o aprovaram.

O governo paraguaio não tem maioria no Congresso e a oposição garantiu que votará contra.

Para piorar, uma denúncia de que a Venezuela estaria comprando votos pode gerar uma crise política interna e complicar ainda mais a tramitação da proposta.

Para a oposição, Hugo Chávez pretende obter reconhecimento e legitimidade política para o regime bolivariano que no âmbito do Mercosul, seria aprofundado.

Neste sentido, estaria disposto a pagar literalmente pelas consciências necessárias para a última ratificação de que precisa.

De qualquer forma, o governo do presidente Fernando Lugo parece disposto a encarar a briga e deve colocar a matéria em votação na próxima semana no Senado.

Fontes ligadas aos partidos que apóiam Lugo asseguram que a proposta será votada somente com a garantia de que será aprovada.

O Paraguai já deve ao governo Chávez cerca de US$ 400 milhões e a oposição acredita que a dívida será quitada com a aprovação do Protocolo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *