Brasília, 18 de outubro de 2018 - 16h23

Paraguai reativa batalhões militares na fronteira

10 de fevereiro de 2011
por: InfoRel

O governo paraguaio decidiu reativar quatro quartéis militares na fronteira com a Bolívia, no território do Chaco, que estavam abandonados.



As instalações passarão por uma ampla reforma e abrigarão os soldados que prestam o serviço militar obrigatório.



No total, serão investidos US$ 2 milhões na recuperação dos quatro quartéis e na compra de armamento moderno.



De acordo com o presidente da Comissão de Defesa do Congresso paraguaio, Mario Morel, a decisão não é uma resposta à compra de material bélico por parte da Bolívia.



Cada um dos quartéis contará com um pelotão de 30 soldados.



Paraguai e Bolívia se enfrentaram na Guerra do Chaco que foi de 1932 até 1935. O conflito foi suspenso graças à intervenção diplomática dos países da região.



Morel explicou que La Paz recebe ajuda do governo da Venezuela para modernizar suas Forças Armadas e que a Rússia também abriu uma linha de crédito para a aquisição de armas e aeronaves militares para a Bolívia.



Em março, o Congresso paraguaio analisará a proposta do governo de conceder à iniciativa privada o uso do aeroporto militar de Mariscal Estigarríbia, distante 600 km de Assunção e considerado de alto valor estratégico para toda a América do Sul.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...