Brasília, 01 de outubro de 2020 - 12h04
Paraguai revela que MERCOSUL acordou 40 diretrizes comerciais durante a sua presidência

Paraguai revela que MERCOSUL acordou 40 diretrizes comerciais durante a sua presidência

30 de junho de 2020 - 13:29:54
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília – Durante a presidência paraguaia do MERCOSUL, o bloco aprovou 40 diretivas, das quais 38 correspondem a reduções temporárias na Tarifa Externa Comum devido à escassez regional conforme a Resolução 08 do Grupo Mercado Comum. A informação é do Embaixador Raúl Cano, Diretor- Geral de Política Econômica do Ministério das Relações Exteriores e Coordenador Nacional do Paraguai na Comissão de Comércio do MERCOSUL.

Nesta segunda-feira, 29, realizou-se a 35ª Reunião Extraordinária da Comissão de Comércio do MERCOSUL (CCM), realizada no âmbito das reuniões preparatórias da Cúpula de Presidentes e Chefes de Estado do bloco regional que ocorrerá na próxima quinta-feira, 2 de julho. Raúl Cano afirmou que o encontrou concluiu de forma satisfatória.

Outras duas diretivas aprovadas, referem-se a normas que regulam o apoio comercial do MERCOSUL, uma relacionada à administração de cotas que o MERCOSUL concede em acordos comerciais com países terceiros e grupos de países e, a outra, à regulamentação do comércio intrarregional.

A Comissão de Comércio é o órgão de tomada de decisão que cumpre a aplicação da política econômico-comercial do MERCOSUL, e o Embaixador Raúl Cano destacou que durante esse período complicado da pandemia do COVID-19, o CCM desempenhou o papel de identificar quaisquer obstáculos comerciais que possam surgir como consequência dessa situação e, através da Comissão de Comércio, buscar a solução desses possíveis inconvenientes.

Ele considerou que, mesmo com a situação de pandemia, a Comissão de Comércio desempenhou um papel muito importante durante este semestre com a adoção de 40 diretrizes no período. “Estamos muito satisfeitos com o início dessas reuniões preparatórias. Assim, obtivemos um bom resultado ao longo do semestre no âmbito da Comissão de Comércio, e nesta reunião extraordinária entendemos que teremos a mesma abordagem, o mesmo resultado nos demais órgãos decisórios ", concluiu Cano.