Relações Exteriores

Processo de Paz
15/03/2016
Integração Regional
16/03/2016

Política

Parlamento do MERCOSUL condena EUA e sai em defesa da Venezuela

Brasília – O Parlamento do MERCOSUL (PARLASUL), por meio da chamada “bancada progressista” decidiu rechaçar as medidas consideradas ingerencistas dos Estados Unidos e sai em defesa da Venezuela. Tudo porque o presidente Barack Obama decidiu renovar por mais um ano as medidas que consideram a Venezuela uma ameaça à segurança nacional norte-americana.

Reunidos em Montevidéo, os parlamentares que representam partidos de esquerda classificaram as medidas adotadas pelos Estados Unidos como um gesto de agressão e intromissão que ameaça o processo político venezuelano.

Neste sentido, parlamentares do bloco progressista (argentinos, paraguaios, uruguaios e venezuelanos), manifestaram solidariedade e respaldo com o governo da Venezuela “ante os processos de desestabilização enfrentados pelos governos progressistas”.

Para esses deputados, os Estados Unidos “fortalecem um processo de agressão que incita e apoia setores antidemocráticos e violentos da oposição para atacar a institucionalidade democrática do país”.

Eles denunciaram ainda que setores reacionários e de extrema direita junto com ex-presidentes conservadores, tratam de devolver o poder aos grande oligopólios e cadeias regionais de informação, sempre com o apoio de Washington.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *